Como otimizar seu tempo, dinheiro e energia com um único princípio econômico

parkinson

Eu tenho uma teoria.

  • Você é o tipo de pessoa que deixa para fazer as coisas em cima da hora?
  • Quando tem tempo livre, você acaba gastando de algum jeito inútil?

Se você respondeu sim, então parabéns, saiba que você é normal.

Segundo a Lei de Parkinson: “O trabalho se expande de modo a preencher o tempo disponível para a sua realização”.

Parece algo que alguém bem preguiçoso falaria ao seu chefe, mas na verdade este é um importante princípio econômico e dele podemos retirar importantes teorias do viver. Sabendo disso, você perceberá que está gastando seu tempo e seus recursos de forma errada.

A Teoria da Falsa Escassez

park2

Esta técnica se baseia na seguinte premissa: “A demanda se expande de modo a consumir toda a oferta de um recurso”.

Com isso, o objetivo é lidar com a sensação de escassez e desperdício de recursos. Teoricamente, iremos gastar tudo o que estiver disponível em nossas mãos, assim como o ar preenche um espaço. Todo o Universo é preenchido.

Logo:

  • Se tenho tempo demais, irei gastar o tempo de alguma forma.
  • Se ganho mais dinheiro, então gasto mais dinheiro.
  • Se sou muito criativo, gasto minha criatividade de qualquer jeito.
  • Se tenho muita energia, uso desperdiço ela em atividades banais.

A Teoria da Falsa Escassez cria justamente uma falsa limitação em nosso favor. O maior motivo da falta de produtividade não é a falta de foco e disciplina, mas sim o excesso de tempo e energia. Para lidar com isso, a solução mais simples é a de criar prazos apertados e limitações que nos obriguem a usar nosso máximo.

Para alcançar o máximo da sua produtividade

Escolha um prazo mais curto e determine punições caso não cumpra o prazo falso.

Imagine um trabalho para ser entregue em um mês. Você se sentirá obrigado a acabar tudo no dia da entrega, ou terá uma grande punição. Entretanto a dor de uma nota baixa só vai começar a ser sentida nas proximidades da data de entrega. Até lá, os outros desejos falarão mais alto e você vai acabar desperdiçando seu tempo.

Nesse caso é possível diminuir o prazo para duas semanas, tendo como punição alguma aposta pública em dinheiro, algo que você não possa voltar atrás. Além do reforço negativo da punição, você também terá o reforço positivo de ganhar duas semanas de folga.

Para aproveitar melhor o dinheiro

Se todo seu dinheiro está disponível, então você terá a tendência de gastá-lo. A solução mais comum é criar uma poupança ou outra conta onde o dinheiro fique reservado.

Os economistas sabem disso e por isso investem ou transformam seu dinheiro em bens que tenham algum retorno, como imóveis.

Para dominar o uso da energia

Eu sou o tipo de pessoa energética que não consegue parar por um instante. Se tenho muita energia, é muito fácil que eu me distraia e comece a fazer mil coisas de uma vez. Como lidar?

Há anos comecei a perceber que meu horário mais produtivo era de madrugada quando eu estava já com sono. Além do fato de não ter com quem conversar, o cansaço parecia aumentar meu foco e isso se explica pela Lei de Parkinson.

Claro, não vou falar para você ficar acordado até ter sono e ser produtivo apenas duas horas por dia. Existem outras soluções.

Uma delas é o de fazer exercícios matinais logo de manhã. Já é conhecido que o trabalho físico desperta a nossa mente, mas aqui o objetivo é apenas que você fique um pouco cansado.

Outra opção é a meditação matinal, já que ela acalma a mente e faz com que nossas vontades fiquem menos intensas.

Para aproveitar o tempo livre

Eu odiava ter horário no trabalho. Então eu fiquei desempregado e tinha todos os meus dias livres. Parecia ótimo, tirando o fato de eu ter ficado ainda menos produtivo. Se antes eu escrevia diversos textos em apenas duas horas diárias, agora eu escrevia apenas dois textos com todas as horas possíveis.

Seus finais de semana não rendem muito? Então saiba que é provavelmente um excesso de tempo. Determine o que fazer em cada período do seu dia e você verá uma grande melhora.

Além disso, é importante pensar na forma que você determina suas atividades. Veja a diferença: “tenho 4 horas para arrumar a minha casa” e “tenho que arrumar a minha casa em 4 horas”.

Na primeira, parece que existe muito tempo e, portanto, você utilizará seu potencial mínimo para preencher o tempo. Seria como passar só um pano correndo pela casa, enquanto se distrai entre um cômodo e outro.

Já na segunda, a situação é como um desafio e você utilizará seu potencial máximo para realizar a tarefa. É o tipo de limpeza cheia de energia que tenta limpar cada canto pela excelência de superar-se.

Para otimizar seu aprendizado

Na escola, a maioria dos alunos tinha que estudar algumas horas por dia para passar de ano. Fazendo assim, elas estão dizendo para seu cérebro usar o mínimo do seu potencial, já que tinham todo o tempo fora das aulas para estudar e fazer suas lições.

Da escola até a faculdade, eu havia determinado que 15 minutos para estudar o conteúdo para as provas era o suficiente. A diferença não foi o QI, mas sim a forma que eu precisei encontrar para estudar. Ao invés de perder tempo, eu começava indo atrás de responder as questões mais difíceis. Se aprendesse a responder 20% das questões mais difíceis, o restante seria desnecessário.

Nas matérias não-exatas, seria correspondente a procurar as informações cruciais que responderiam as perguntas dos capítulos.

Perceba. A estratégia surgiu apenas depois que eu determinei que não queria estudar por horas. Limitando meu tempo e esforço, eu estava dizendo para meu cérebro: “Ei amigão, encontre um jeito de fazer isso, eu sei que você consegue”.

Conclusão – A escassez é apenas uma ilusão

park3

Segundo a Lei de Parkinson, se você tem tempo demais, irá preencher seu tempo. Se tem dinheiro demais, irá gastá-lo.

Toda abundância não passa de uma ilusão. Se você é o tipo de pessoa que usa a falta de tempo como desculpa, sinto muito. Suas falhas são apenas incompetências suas.

Pelo mesmo motivo, dizemos aos empreendedores iniciantes que não importa a sua expertise. Se você sente que não é bom o suficiente, saiba que nunca será. O importante é começar e agir.

Pare de usar a falta de recursos como desculpa. O sucesso é uma simples questão de escolha.

O segredo é inverter os valores. A escassez se torna abundância e a abundância se torna escassez.